Ileides Muller

Dormi semente, acordei flor. É dia de poesia!

Textos


OLHAR FEMININO


No horizonte das horas
o ocaso se despe(de).

No cais,
um olhar feminino
com grave certeza
destoa da razão
e grita silêncio:
       - Qual gaivota vespertina
                ele há de voltar
                         cansado de carregar saudade.
Ileides Muller
Enviado por Ileides Muller em 03/02/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar a autoria: Ileides Muller.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras